TRIBUTO A DOIS GRANDES SERES HUMANOS

Dois grandes engenheiros nos deixaram neste mês de abril. Dois amigos e principalmente dois grandes líderes.
No domingo 14/04, o Prof. Décio Leal de Zagottis. Na terça-feira 16/04 o Eng. Luiz Alfredo Falcão Bauer. Que grande e precoce perda.
O legado que vocês nos deixam é muito, é muitas vezes maior que a dor da ausência da presença física de vocês. Vocês não nos deixaram. Vocês estão aqui em muitos dos nossos atos, das nossas atividades e dos nossos valores.
Vocês amaram sua profissão, enobreceram a engenharia nacional, deixaram plantado em cada um de nós a certeza de que um engenheiro pode ser muito mais que um técnico de alto nível.
Um técnico usa a ciência e o seu conhecimento tecnológico apenas para resolver problemas.
Vocês resolveram problemas sempre com competência e sabedoria, mas também foram bem além disso e “fizeram muita escola”neste Brasil.
O Prof. Décio deixou sua “escola” principalmente na área de projeto, pesquisa e ensino da engenharia através de seus inúmeros artigos e cargos de direção, mas principalmente entre aqueles que tiveram, como eu, a felicidade de ser seu aluno. Que pontualidade, que precisão de idéias, que clareza de conceitos, que qualidade de aulas. Ao ouví-lo não havia dúvida que o ensino da engenharia é a mais nobre das profissões que um ser humano pode almejar.
O Eng. Bauer, deixou impressa sua marca na incansável valorização da tecnologia e da empresa nacional, na invejável capacidade empreendedora e na enorme capacidade de comunicação. Que satisfação causava em cada um de nós suas palestras inteligentemente ilustradas, suas precisas, espirituosas e oportunas observações. Não poderia haver uma Semana de Engenharia neste país sem uma palestra do Prof. Bauer.
Pois é, vocês não morreram e suas “escolas” vão continuar frutificando sempre entre nós.
Cada qual a seu modo, com um enfoque acadêmico ou empresarial, deixou seu exemplo e contribuição para a evolução da academia e da indústria brasileira.
Saudades de um grande Engenheiro e de um grande Professor que escreveram com letras maiúsculas suas passagens neste mundo.

Paulo Helene
16 de abril de 1996
Docente do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo